quinta-feira, 24 de Abril de 2014

MODALISBOA PROCURA SANGUE NOVO



A ModaLisboa continua a apostar na descoberta e promoção de novos talentos da Moda Portuguesa. As inscrições para a próxima edição do SANGUE NOVO, a realizar em outubro de 2014, decorrem até ao dia 16 DE JUNHO DE 2014.

O Sangue Novo destina-se a todos os alunos portugueses finalistas de Cursos de Design de Moda de escolas nacionais ou internacionais e jovens designers de moda que já tenham terminado a sua formação e estejam atualmente a iniciar a sua marca.

Cada candidato deverá entregar um projeto original, de Homem e/ou Senhora, para o verão 2015. Após apreciação individual de cada projeto, ao nível de conceito, design, cores e matérias-primas, o júri apurará entre 8 e 10 para a fase seguinte.

A apresentação pública dos projetos realizar-se-á no desfile Sangue Novo integrado na 43ª Edição da ModaLisboa – Lisboa Fashion Week, em outubro de 2014.


FAÇA O DOWNLOAD DO REGULAMENTO AQUI


“DIAS DE MODA” EM LISBOA


O grande evento da moda espanhola chega ao Palácio Palhavã e ao Instituto Cervantes, em Lisboa, nos próximos dias 6, 7, 8 e 9 de maio.

“Dias de Moda” é uma iniciativa da Embaixada de Espanha em Portugal que contará com a presença de alguns dos maiores representantes da moda espanhola e portuguesa. O programa integra uma exposição de moda espanhola, conferências e um desfile.

A abertura oficial do evento “Dias de Moda” terá lugar no Palácio Palhavã, no dia 6 de maio, pelas 19h00, com a inauguração da exposição “Made in Spain: a moda espanhola para Lisboa e para o mundo”.
Em exibição estarão peças das coleções outono/inverno 14/15 das conceituadas marcas Adolfo Dominguez, Agatha Ruiz de la Prada, Ailanto, Amaya Arzuaga, Ana Locking, Angel Schlesser, Custo Barcelona, David Delfín, Devota y Lomba, Duyos, Etxebarria, Hannibal Laguna, Francis Montesinos, Jorge Vázquez, Juanjo Oliva, Kina Fernández, Ion Fiz, María Barros, Menchén Tomás, Miguel Palacio para Hoss Intropia, Purificación García, Roberto Torretta, Roberto Verino, Teresa Helbig, Victorio & Lucchino e Blahnik.

A mostra estará aberta ao público nos dias 7 de maio (das 10h00 às 13h00 e das 16h00 às 19h00) e 8 de maio (das 10h00 às 13h00), sob inscrição prévia no email: emaria.gil@maec.es


As conferências realizam-se no dia 8 de maio, das 16h00 às 19h40, no Instituto Cervantes de Lisboa e contam com a presença de designers e especialistas de moda dos dois países, que analisarão 3 âmbitos diferentes da moda:

MODA COMO TÉCNICA | 16h00-17h00
Moderadora: Joana Amaral Cardoso
PT: Filipe Faísca | Luís Onofre
ES: Francis Montesinos | Modesto Lomba

MODA COMO DESIGN | 17h20-18h20
Moderadora: Bárbara Coutinho
PT: Nuno Gama | Ricardo Preto
ES: Juanjo Oliva | Roberto Verino

MODA COMO NEGÓCIO | 18h40-19h40
Moderadora: Mónica Seabra Mendes
PT: Paulo Gonçalves (Apiccaps) | Tony Miranda
ES: Ignacio Sierra (Cortefiel) | Ricardo Gomes (El Corte Inglés)

“Dias de Moda” termina no dia 9 de maio, com o desfile El Corte Inglés, no Palácio Palhavã, pelas 18h30 (entrada com convite).

LACOSTE L!VE BY SANGHON KIM


Com o aproximar do Mundial, multiplicam-se os lançamentos de coleções alusivas ao tema do futebol. Exemplo disso é a nova coleção cápsula da Lacoste L!ve para a primavera/verão 2014, criada em colaboração com o artista francês Sanghon Kim.

Inspirado nas mangas desportivas de 1980, Sanghon Kim realizou uma curta de animação manga que tem como tema o futebol e onde os jogadores da equipa branca vestem com orgulho equipamentos com o emblema do crocodilo.

A nova coleção cápsula Lacoste L!ve é composta por dez peças femininas e masculinas que apresentam detalhes como um emblema que reinventa o crocodilo, um emblema numerado com o número 27 e o padrão splatter (efeito salpicado multicolor). Um boné unissexo com o padrão splatter completa a coleção.

Fiel ao seu estilo casual chic, a marca francesa volta, assim, a surpreender com mais uma inspiradora colaboração.





quarta-feira, 23 de Abril de 2014

LARA TORRES APRESENTA PROJETO “AN IMPOSSIBLE WARDROBE FOR THE INVISIBLE” NA EXPOSIÇÃO “THE FUTURE OF FASHION IS NOW”




Lara Torres foi selecionada para integrar a exposição “The Future of Fashion is Now” dedicada a novas visões da moda, que estará patente de 11 de outubro de 2014 a 18 de janeiro de 2015, no Museu Boijmans Van Beuningen, em Roterdão, na Holanda. A designer portuguesa vê, assim, reconhecido o seu trabalho de investigação sobre o lado efémero da moda e irá expor o seu projeto “An impossible wardrobe for the invisible”, ao lado das criações de grandes designers internacionais, como Hussein Chalayan, Martin Margiela, Rei Kawakubo e Viktor & Rolf, entre outros.

Lara Torres apresentou “An impossible wardrobe for the invisible”, na 36ª edição da ModaLisboa, em março de 2011. Trata-se de um projeto de pesquisa baseado numa abordagem experimental, que a designer documentou num conjunto de sete vídeos de performances. Estes vídeos têm por base a criação de peças de vestuário temporárias, que foram produzidas com o objetivo único de serem destruídas. A ação de “apagar” as peças deixa um vestígio (as costuras) traduzindo uma forte relação com a memória e o esquecimento. Na exposição “The Future of Fashion is Now” estes vídeos serão acompanhado por uma série de imagens apresentadas pela primeira vez no âmbito do projeto, que, segundo a designer, exploram “o lado efémero da moda, de renovação, do terminar e voltar a existir”.

“The Future of Fashion is Now” examina a postura crítica que jovens designers de moda em todo o mundo estão a adotar em relação ao "sistema da moda" e o papel da roupa na sociedade contemporânea, reunindo obras de grandes designers como Viktor & Rolf (Holanda), Rejina Pyo (Coreia), Hussein Chalayan (Chipre), Martin Margiela (Bélgica), entre outros. A seleção de trabalhos apresentados inclui roupa, acessórios, vídeos e instalações e poderá ser vista na galeria do Museu Boijmans Van Beuningen em Roterdão, a partir de 11 de outubro de 2014.

Acompanhe a montagem e desenvolvimento da exposição em http://futureoffashion.nl

Veja abaixo um vídeo resumo do projeto de Lara Torres.


“WHAT´S UP - OLHAR A MODA” - O NOVO PROGRAMA DA RTP2


Estreia no próximo domingo, 27 de abril, pelas 12h00, na RTP2, “What´s Up - Olhar a moda”, um programa sobre calçado, moda e lifestyle que tem como objetivo revelar aos mais jovens as potencialidades do setor industrial em Portugal.

Este novo projeto editorial desenvolvido pela APICCAPS (Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos) com o apoio do Programa Compete, para a Rádio Televisão de Portugal, parte de um dos setores mais relevantes da economia portuguesa, o calçado, para explorar o universo da moda em Portugal.

Com um formato mensal de 25 minutos e a aposta numa linguagem leve e atrativa, “What´s Up - Olhar a moda” acompanhará, passo a passo, os grandes eventos de moda em Portugal, contando as histórias mais relevantes e dando voz aos protagonistas da indústria mais internacionalizada da economia portuguesa, que exporta anualmente 75 milhões de pares de calçado, para 150 países nos cinco continentes.

Para a APICCAPS “a RTP merece os maiores elogios”. “Com esta parceria, faz-se serviço público de qualidade, permitindo não só relevar a excelência da oferta portuguesa na área do calçado, como criar um fluxo de comunicação regular com a diáspora portuguesa”.

Não deixe de ver!

Veja AQUI uma reportagem referente à edição zero deste programa.

terça-feira, 22 de Abril de 2014

“O DESIGN POSSÍVEL” - RETROSPETIVA DA OBRA DE EDUARDO AFONSO DIAS NO MUDE



Até ao dia 6 de julho, o MUDE – Museu do Design e da Moda, Coleção Francisco Capelo, em Lisboa, apresenta “O Design Possível”, uma retrospetiva da obra do designer português, Eduardo Afonso Dias, que reúne mais de 400 peças de design de produto, assim como um núcleo de fotografias da sua autoria.

Eduardo Afonso Dias é autor de uma vasta e diversa obra que abrange design de interiores, gráfico, expositivo, desenho de equipamentos e utensílios. A mostra do MUDE inclui muitos dos seus objetos mais icónicos que fizeram parte do dia a dia de diversas famílias entre os anos 1970 e 1990. Faqueiros, peças de cutelaria, recipientes, faianças ou utensílios que muitos dos visitantes vão decerto reconhecer, como o faqueiro Omo (1972); a série de cutelaria para cozinha Gume (1976), uma das cutelarias mais vendidas pela marca sueca IKEA; as tábuas de corte em madeira Plato (1977); o conjunto de caixas de faiança pintada Lyrica (1976); as bases para quentes em aglomerado de cortiça Diversa (1976); os tabuleiros Liza (1977); os copos Aqua (1977); os acessórios de cozinha Bicor (1985), os recipientes Blok (1985), os tachos e frigideiras Cooktime (1985) ou as canecas térmicas Combi (1992). Para além destes múltiplos utensílios e recipientes, que foram produzidos em série e comercializados em Portugal e em vários mercados internacionais, a exposição integra também a solução modular das linhas Omnia e Arcádia, os candeeiros Tubus e muitas dezenas de logótipos desenhados pelo designer.

No design de interiores, Eduardo Afonso Dias procurou soluções articuladas, funcionais e simples, conseguindo uma unidade de estilo através da complementaridade entre as opções arquitetónicas e os equipamentos, iluminação e decoração. As peças desenhadas no atelier Conceição Silva aparthotéis de Troia são um dos exemplos mais emblemáticos e estão também em exibição no MUDE. No design de exposições e stands, destaque para a exposição de móveis Longra-Airborne, em 1967 - evocada nesta exposição através da memória da cobertura original do teto -, onde colaborou com Daciano da Costa e Tomás de Figueiredo.

A exposição apresenta ainda um núcleo significativo de fotografias da autoria de Eduardo Afonso Dias, desde fotos da repressão durante o Estado Novo até retratos de amigos, passando ainda por instantes de Lisboa, das suas gentes e costumes.

Uma mostra a não perder!

MUDE
Rua Augusta, 24 - Lisboa
Tel.: 218 886 120







segunda-feira, 21 de Abril de 2014

R.I.P ANTÓNIO AUGUSTUS


O criador de moda António Augustus, um dos pioneiros da moda de autor em Portugal, morreu este domingo em Lisboa, aos 64 anos.

António Augusto Loureiro Ferreira nasceu na Figueira da Foz, em 1949. Mudou-se para Angola ainda em criança e, após ter estudado em Paris e Londres, iniciou a sua carreira em Luanda, onde abriu, em 1973, a sua primeira loja, já sob o nome artístico Augustus, que manteve ao longo de toda a vida.

Em 1975, regressou a Portugal e recomeçou a sua atividade, abrindo, em 1976, a sua primeira loja em Lisboa. Dois anos depois, abriu o seu atelier. O seu reconhecimento resultou, sobretudo, do trabalho de atelier e das criações construídas especificamente para as suas clientes, a que se dedicou durante toda a sua carreira, mesmo após a massificação das coleções de autor e do pronto-a-vestir. Vestiu mulheres portuguesas influentes como a fadista Amália Rodrigues e a pintora Maluda, assim como top models internacionais como Claudia Schiffer e Karen Mulder.

António Augustus partiu, mas deixa um legado enorme.

A equipa da ModaLisboa apresenta as suas sinceras condolências aos familiares e amigos do criador.


quinta-feira, 17 de Abril de 2014

ARISTOCRAZY APRESENTA COLEÇÃO “GAME OF THRONES”




Quatro casas, quatro anéis... Baratheon, Targaryen, Stark e Lannister foram a base da nova coleção cápsula “Game of Thrones” da Aristocrazy. A marca de joalharia espanhola inspirou-se na aclamada série de televisão norte-americana “Game of Thrones” - criada por David Benioff e D.B.Weiss para a HBO com base na série de livros “A Song of Ice and Fire” de George R. R. Martin - para criar joias únicas.

A modelagem artesanal em cera está na origem desta coleção exclusiva composta por quatro anéis feitos em prata de ley, e que estão disponíveis com dois acabamentos distintos: oxi e banho de ouro amarelo de 18 kts. Cada anel reflete o espírito de cada uma das casas da saga de George R. R. Martin - Baratheon, Targaryen, Stark e Lannister - com o seu emblema correspondente: um veado coroado negro, um dragão vermelho de três cabeças, um lobo cinzento e um leão dourado.

Disponíveis desde o passado dia 4 de abril nas lojas da Aristocrazy em Lisboa (Avenida da Liberdade, 163), Madrid (C/ Serrano, 46), Barcelona (Consell de Cent, 351) e online (www.aristocrazy.com), os quatro anéis vão decerto encantar as fãs de “Game of Thrones” e todas as mulheres cosmopolitas que gostam de personalizar os seus looks com peças especiais.


SOBRE A ARISTOCRAZY

Criada no ano de 2010 pelo Grupo Suárez, líder espanhol em alta joalharia e relojoaria, a Aristocrazy aposta, desde então, na criação de um novo conceito de joalharia que respeita a tradição artesanal, mas com uma abordagem vanguardista.

A qualidade, savoir-faire e visão inovadora ligados às suas origens fazem da aristocrazy uma marca excepcional, que acompanha as últimas tendências de moda e design sem perder a sua essência e tradição.

SEGUNDA EDIÇÃO DE “PRADA JOURNAL”


Com o intuito de explorar novos universos criativos e melhorar a interpretação individual da realidade, a casa italiana Prada acaba de lançar a segunda edição do concurso literário “Prada Journal”. O tema deste ano é "As mudanças do mundo" e as inscrições decorrem até o próximo dia 11 de junho.

Lançado em 2013 por Prada e a editora italiana Giangiacomo Feltrinelli, “Prada Journal” visa homenagear a jovem criação literária, convidando autores de todas as nacionalidades a dar a conhecer a sua visão singular do mundo através de um texto inédito.

Enquanto que em 2013 o foco era o nosso mundo e a vida quotidiana, nesta segunda edição cada candidato é desafiado a refletir e a expressar (num texto de 10 a 20 páginas) a sua opinião sobre as transformações que estão a ocorrer atualmente no mundo: Quais são os sinais de um mundo em mudança? Que situações podemos prever para o futuro?

Cada texto será avaliado por editoras internacionais e especialistas em literatura, e apenas cinco serão selecionados. Os cinco candidatos escolhidos receberão um prémio monetário e os seus textos serão publicados em inglês e na sua língua nativa na versão digital do Prada Journal, que pode ser consultado em http://www.prada.com/en/journal/

quarta-feira, 16 de Abril de 2014

MUSEU BALENCIAGA E MUSEU DO TRAJE DE MADRID PRESTAM HOMENAGEM A CRISTÓBAL BALENCIAGA


O Museu do Traje de Madrid e o Museu Cristóbal Balenciaga de Getaria iniciaram uma parceria para permutar as suas peças e mostrar em exposições paralelas as magníficas criações de Cristóbal Balenciaga. Assim, o museu madrileno acolhe agora peças que integraram a exposição inaugural do museu Cristóbal Balenciaga, enquanto que este recebe outras criações históricas para a sua nova exposição “El Arte de Balenciaga”.

“El Arte de Balenciaga” tem como objetivo mostrar as principais influências artísticas e estéticas que determinaram a obra do genial criador de Alta Costura, que acreditava que: "um bom costureiro deve ser um arquiteto para a forma, um pintor para a cor, um músico para a harmonia e um filósofo para a medida." Em exibição estão sessenta das suas mais emblemáticas criações, vinte das quais nunca anteriormente expostas, assim como nove grandes reproduções de obras de pintores que inspiraram o criador, como Zurbarán, Velázquez, Goya, Sorolla, Zuloaga, Picasso e Juan Gris.

Por outro lado, para comemorar o seu 10º aniversário, o Museu do Traje de Madrid dedica a sua nova exposição à vida e obra do famoso criador de moda espanhol, desde o inicio da sua carreira até às suas últimas criações. “Cristóbal Balenciaga: La visión del genio, la técnica del maestro” foi a mostra inaugural do Museu Balenciaga em 2011 e estará patente no Museu do Traje de Madrid até 5 de abril de 2015.

Duas mostras imperdíveis para os admiradores do trabalho deste grande mestre da Alta Costura, que inspirou criadores como Oscar de la Renta, André Courrèges, Emanuel Ungaro e Hubert de Givenchy, entre muitos outros.

MICHELLE WILLIAMS PROTAGONIZA NOVA CAMPANHA LOUIS VUITTON


Depois do sucesso da sua estreia como rosto da Louis Vuitton, Michelle Williams volta a protagonizar uma campanha publicitária da marca francesa. Fotografada, uma vez mais, por Peter Lindbergh, a atriz interpreta diferentes facetas da feminilidade, numa série de imagens com styling de Carine Roitfeld.

A nova campanha da Louis Vuitton será apresentada nas edições de maio de 2014 das revistas de todo o mundo e destaca três carteiras: a nova Lockit, as Capucines e a icónica Alma. Nas imagens da Lockit, Michelle Williams surge em poses descontraídas que refletem a elegância inerente a esta nova carteira em pele Veau Cachemire que é uma reinterpretação contemporânea do clássico dos anos 50 da Louis Vuitton. Para a Alma, a atriz interpreta um espírito divertido, mostrando as exuberantes cores da carteira em pele Epi, enquanto que para a Capucines, Michelle Williams surge com uma expressão mais reservada e sofisticada.

Da apelativa combinação entre força e fragilidade da primeira campanha, aos vibrantes contrastes desta segunda, Michelle Williams – como fez tantas vezes no grande ecrã – torna pessoal o seu mais recente papel como a multifacetada mulher Louis Vuitton.




terça-feira, 15 de Abril de 2014

MIGUEL VIEIRA ÓCULOS – CAMPANHA VERÃO 2014


A coleção Miguel Vieira Óculos para o verão de 2014 reinventa o minimalismo que define a essência da linguagem da marca Miguel Vieira.

Com propostas para homem e senhora, a coleção integra modelos de sol e graduados, com armações em acetato ou metal. Devido à otimização do processo de fabrico, alguns dos modelos em acetato são agora mais finos e elegantes do que alguma vez foram. Entre os metais, o titânio destaca-se como tendência da estação.

A coleção Miguel Vieira Óculos 2014 foi apresentada nas feiras Internacionais MIDO (Milão) e na SILMO (Paris) e já está disponível para venda nas lojas especializadas.
 




FICHA TÉCNICA DA CAMPANHA

Fotógrafo: Victor Hugo

Modelos: João Sousa (Elite Lisbon)
e Ana Paula (Elite Lisbon)

Make-Up: Lucília Lara

Styling: Equipa Miguel Vieira